Se você Tomar Paracetamol Isso ira Acontecer com a sua Saúde!

0
3054

Se você Tomar Paracetamol Isso ira Acontecer com a sua Saúde, pois esses efeitos colaterais do Paracetamol podem ser muito prejudicial a saúde. Entre entanto, os analgésicos estão entre os remédios mais consumidos no mundo. No escritório, na academia ou em uma festa, é só você se queixar de dor de cabeça, muscular, cólica menstrual ou aquele incômodo no corpo que anuncia um resfriado para alguém logo oferecer um comprimido, não é?

Nessa categoria, um dos medicamentos preferidos é o Paracetamol barato, eficiente e considerado seguro quando usado do jeito certo. A substância é indicada para aliviar dores leves e diminuir a febre. “O remédio inibe a síntese das prostaglandinas, substâncias envolvidas no impulso da dor, e atua no hipotálamo, região cerebral que regula a temperatura do corpo”, explica a farmacêutica Patricia Moriel.

Para que Serve:

O Paracetamol é um analgésico e antipirético que está disponível em várias doses e apresentações e pode ser obtido em farmácias em genérico ou com o nome de marca Tylenol ou Dafalgan. Este medicamento pode ser tomado para baixar a febre e para atenuar as dores associadas a resfriados, dor de cabeça, dor no corpo, dor de dente, dor nas costas, dores musculares ou dores associadas a cólicas menstruais.

O Paracetamol está ainda disponível associado a outras substâncias ativas, como a codeína ou tramadol por exemplo, exercendo assim uma maior ação analgésica, ou associado a anti-histamínicos, que são associações muito usadas em estados de gripe e resfriados. Além disso, a cafeína é muitas vezes adicionada ao Paracetamol para potenciar a sua ação analgésica.

Efeitos Colaterais:

Embora seja raro, durante o tratamento com Tylenol, podem ocorrer efeitos colaterais como urticária, coceira, vermelhidão no corpo, reações alérgicas e aumento das transaminases.

Quem não Deve Usar:

O Tylenol não deve ser usado por pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e em crianças menores de 12 anos de idade, no caso dos comprimidos. Em crianças com menos de 2 anos, as gotas ou a suspensão oral só devem ser dadas se forem recomendadas pelo médico.