Dentistas Alertam Para Sintomas de Câncer de Boca, Confira!

0
364

Os Primeiros Sinais de Câncer de Língua que Você não Sabe, pois esse sintomas é bem comum e devemos ficar a tento ao Sinais de Câncer de Língua. Entre entanto, a maioria dos casos de Câncer de Língua é descoberta já em fase avançada, por isso é muito importante saber reconhecer os sinais da doença. O Câncer de Língua é um tipo específico de câncer bucal que se desenvolve nos dois terços da frente da língua.

Já o câncer da boca (também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral) é um tumor maligno que afeta, além da língua, também lábios, gengivas, bochechas e céu da boca. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), são previstos mais de 14 mil novos casos de câncer de boca por ano no Brasil, sendo 11.200 homens e 3.500 mulheres.

Os Sinais Mais Comuns de Câncer de Língua são:

  • Uma área espessa ou uma ferida na boca;
  • Dor prolongada em sua língua e/ ou mandíbula;
  • Dificuldade em mastigar ou engolir;
  • Mancha vermelha ou branca na língua, no revestimento interno das bochechas, nas gengivas, no céu da boca ou nas amígdalas;
  • Dor ou irritação na garganta que não desaparece.

Mas Quais são os Fatores de Risco Para a Doença?

Primeiro, é preciso dizer que qualquer pessoa pode desenvolver câncer oral. Mas é verdade que existem certos fatores que podem aumentar a possibilidade de desenvolver o Câncer de Língua.

Esses Fatores de Risco Incluem:

  • Uso de tabaco de qualquer tipo, incluindo tabaco de mascar, cigarros e charutos;
  • Exposição excessiva dos lábios ao sol;
  • Beber quantidades excessivas de álcool;
  • Ter um sistema imunológico enfraquecido devido a outras doenças ou condições genéticas;
  • Estar exposto ao papilomavírus humano (HPV).

Mas Calma!

Você pode reduzir o risco de Câncer de Língua evitando atividades que podem levar à doença e, claro, cuidando de sua boca.

Para Reduzir os Riscos:

  • Não fume ou mastigue tabaco;
  • Não beba ou beba apenas ocasionalmente;
  • Pratique sexo seguro, especialmente sexo oral;
  • Inclua muitas frutas e legumes na sua dieta;
  • Certifique-se de escovar os dentes sempre após as refeições e usar fio dental regularmente;
  • Consulte um dentista uma vez a cada seis meses, se possível.

Recomendados Para Você: